A carta convite é obrigatória? É a única forma para comprovar minha estadia em Portugal? Como consigo uma?

Vamos esclarecer essas perguntas aqui e deixar você por dentro de todos os detalhes dessa cartinha que não é nenhum bicho de sete-cabeças!

Afinal, o que é a carta-convite e para o que serve?

A carta convite é um dos meios para comprovar o alojamento em Portugal, mas muitos a veem erroneamente como a única forma obrigatória. Além dessa carta, existem outras opções aceitas, como:

Vamos explicar o que é a carta convite, para que serve e como obtê-la.

A carta convite é uma declaração em que um anfitrião, que pode ser um cidadão português ou residente legal em Portugal, se responsabiliza pela estadia do indivíduo mencionado na carta. É fundamental frisar que o anfitrião assume responsabilidade legal pela pessoa durante sua permanência no país. Portanto, essa ação requer grande responsabilidade e comprometimento.

Como conseguir a minha?

A carta convite deve ser autêntica, demonstrando um vínculo real entre você e a pessoa que irá recebê-lo, seja um familiar ou um amigo. A falta de informações consistentes é a principal razão para a recusa de cartas na imigração.

ATENÇÃO Evite pagar por uma, além do risco de não dar certo, você pode ser prejudicado por tentar passar falsas informações ao órgão de imigração e ainda perder o dinheiro investido. Não arrisque seu sonho, faça tudo dentro da lei e garantimos que sua estadia será muito mais satisfatória!

O que não pode faltar?

Modelo de carta convite (Termo de Responsabilidade)

Embora não exista um modelo único, o Termo de Responsabilidade disponibilizado pelo SEF é altamente recomendado por conter todas as informações necessárias e solicitadas.

Vantagens

Além de comprovar alojamento, a carta convite pode substituir alguns documentos para a solicitação de determinados tipos de visto, como o de trabalho (D2), nômade digital e visto de procura de trabalho. Consulte a página da VFS para mais informações sobre cada tipo de visto. VFS.***

Se restou alguma dúvida, basta procurar a moderadora da nossa comunidade que vamos te ajudar. E se você ainda não faz parte da comunidade, clique aqui para ficar ainda mais por dentro do que você precisa para sua migração

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *