Se você está se perguntando se é possível trabalhar como autônomo em Portugal, esse post é especialmente pra você! SIM, você pode garantir sua renda como freelancer na terrinha, mas pra isso é preciso entender todo o processo e suas obrigações fiscais, ok? Se você já ouviu falar em “Abrir atividade”, “recibo verde”, “Finanças” e ficou confuso, a gente está aqui para te ajudar a entender tudo isso. Vamos nessa?

O Que é trabalho autônomo?

Antes de mais nada, vamos esclarecer o que é ser um trabalhador autônomo. Essa expressão se refere a qualquer pessoa que trabalha por conta própria, sem ter um contrato de trabalho formal. Isso inclui profissões tão diversas quanto publicitários, designers, consultores, professores particulares, por exemplo.

Como posso abrir uma atividade como autônomo em Portugal?

E o Recibo Verde?

Agora que sabemos o que é um autônomo, vamos ao famoso recibo verde.

Em Portugal, todo trabalhador autônomo, mesmo os estrangeiros, deve emitir o recibo verde sempre que presta um serviço. É uma forma de formalizar o trabalho de profissionais autônomos, prestadores de serviços ou freelancers no país. Ele é semelhante ao MEI (Microempreendedor Individual) no Brasil e permite que você cumpra com as obrigações fiscais em Portugal e garante que todos os impostos serão pagos corretamente. Você emite seus recibos verdes no Portal das Finanças, através da senha de acesso que você recebe por carta ao tirar seu NIF: https://www.portaldasfinancas.gov.pt/

Por que trabalhar autônomo em Portugal?

Agora você deve estar se perguntando: “Por que eu deveria querer ser autônomo em Portugal?” Então, aqui estão alguns motivos que podem te convencer:

Flexibilidade: Você faz seu próprio horário. Pode trabalhar durante o dia, de noite, ao meio-dia ou à meia-noite. A escolha é sua!

Controle: Você é seu próprio chefe. Claro que isso também significa que a responsabilidade é toda sua. Mas ei, ninguém disse que a vida seria fácil, certo?

Oportunidades: Portugal está cheio de oportunidades para quem está disposto a suar a camisa. Há muitos campos com demanda por serviços autônomos, desde o design gráfico até a consultoria financeira.

Muitos empregos em Portugal aceitam recibo verde, especialmente em áreas como publicidade, marketing, saúde, medicina, e restauração. Aqui estão alguns exemplos de empregos que aceitam recibo verde em Portugal:

É bom ressaltar que essa lista pode variar conforme a demanda no mercado de trabalho e o setor de atuação. Os sites Net-Empregos , Careerjet e Indeed são bons recursos para pesquisar e encontrar oportunidades de emprego que aceitem recibo verde em Portugal. E eles estão todos na nossa ferramenta de busca de emprego, dá uma olhadinha aqui!

Mas lembre-se, por mais que a Odgo acredite em você e em suas habilidades, não esqueça que está entrando em um novo país, com leis e regulamentações bem diferentes do Brasil. Por isso, não deixe de entender todas as implicações legais e fiscais de ser um trabalhador autônomo em Portugal e, pra isso, conte com a gente para qualquer dúvida!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *