Para migrar para Portugal é fundamental você entender a geografia do país para escolher onde vai morar. Sua nova casa, seu novo emprego, escola para os filhos, praticamente tudo depende disso, mas o mapa de Portugal se divide de maneira um pouco diferente do Brasil. Por isso, resolvemos explicar o mapa de Portugal pra você entender de vez as suas divisões básicas. Confira!

Regiões

Portugal é dividido em sete regiões: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores* e Madeira*. Sendo as duas últimas, na verdade, arquipélagos incríveis no oceano, também conhecidos como Regiões Autônomas. Cada região tem sua beleza, história e especificidades, então vale a pena descobrir cada uma.

Distritos

Cada região, com exceção dos arquipélagos, possui distritos (como se fossem os estados no Brasil) como uma segunda divisão administrativa. Eles carregam o mesmo nome das suas cidade principais e isso às vezes causa uma certa confusão. No total, são 18 distritos em Portugal Continental:

Aveiro
Beja
Braga
Bragança
Castelo Branco
Coimbra
Évora
Faro
Guarda
Leiria
Lisboa
Portalegre
Porto
Santarém
Setúbal
Viana do Castelo
Vila Real
Viseu

Conselhos (cidades):

A próxima divisão são os conselhos, que são como municípios que cuidam de aspectos locais, como saúde, educação e serviços públicos. Dessa forma, essa divisão lembra bastante os nossos municípios/cidades no Brasil e ao total 308 concelhos portugueses, de todos os tipos e tamanhos. Vamos citar aqui os principais:

Diferença entre Freguesias, vilas e aldeias:

As freguesias são como os bairros no Brasil e cada conselho é composto por diversas freguesias, pequenas áreas com suas próprias histórias e características. Além disso, elas são perfeitas para se explorar, conhecer a cultura local e, quem sabe, encontrar aquele cantinho perfeito para você chamar de lar.

Ademais, a diferença entre freguesias, vilas e aldeias é a apenas densidade populacional de cada uma.

Uma vez que as freguesias são maiores, localizadas na zona urbana, por isso geralmente possuem mais infraestrutura e até subprefeituras que são as juntas de freguesia.

Enquanto, as pequenas cidades portuguesas comumente são classificadas como vilas, com alguns poucos milhares de moradores e fazem parte de um distrito, mas não estão no perímetro urbano.

——–

Portanto, agora que você já sabe como o mapa de Portugal é geograficamente organizado, fica mais fácil planejar sua imigração e saber onde morar. A Odgo está aqui para ajudar em cada passo do caminho, por isso, aproveite nossa ferramenta Stekkies para fazer sua pesquisa e ficar por dentro dos valores de arrendamento em cada cidade de Portugal.

Oi, meu nome é Aby! Sou de Fortaleza-Ceará, jornalista, 34 anos e migrei para Portugal em Outubro de 2021. Escolhi a cidade do Porto pra ser meu novo lar e venho reconstruindo uma vida totalmente do zero desde então. De lá pra cá foi muita documentação para entender, adaptação ao frio, aos costumes e cultura, um novo vocabulário, saudade da família e uma rede de novos amigos que me abraçou. Faço parte do time da Odgo e agora quero ajudar e apoiar pessoas que, assim como eu, desejam viver a experiência de morar em Portugal. Migrar é transformador, ser imigrante é desafiante, por isso espero colaborar com você nessa grande jornada também!

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *