Sua dúvida é sobre creche em Portugal? Vai vir para Portugal com bebê e não sabe por onde começar? Nem imagina como é fazer a matrícula em uma creche em Portugal? É fácil conseguir uma vaga? Como funciona? Qual o valor da mensalidade? Se essas perguntas já rondaram a sua mente em algum momento você está no lugar certo! Continua a leitura para saber mais.

COMO FUNCIONA O ENSINO EM PORTUGAL?

A educação em Portugal é dividida em ciclos: Ensino Básico, Secundário (equivale ao ensino médio no Brasil) e Superior (universitário e politécnico).

O Ensino Básico é sub-dividido em 3 outros ciclos:

➡️1º ciclo: 1º ao 4º anos de escolaridade,

📌 2º ciclo: 5º e 6º anos de escolaridade

📍 3º ciclo: 7º ao 9º anos de escolaridade.

Portanto, as creches em Portugal são chamadas de INFANTÁRIOS e aceitam crianças de 3 meses aos 3 anos.  Entretanto, as salas são divididas em 3 turmas: a primeira dos bebês, a segunda para os pequenos em aquisição de marcha e a última daqueles que já andam. Sendo assim, todas as salas possuem um professor e auxiliar de educação.

QUANDO ACONTECEM AS MATRÍCULAS NA CRECHE EM PORTUGAL?

As matrículas acontecem nos meses de Maio e Setembro. Setembro é considerado o início do ano letivo, portanto, o momento mais fácil de conseguir uma vaga para seu pequeno. Por exemplo, quem entrou em setembro de 2023 seguirá o ano letivo e só passará para o ano seguinte em setembro de 2024. Portanto, Maio é o considerado o meio do ano letivo, como se fosse julho no Brasil.

Conseguir uma vaga nas creches não é tarefa fácil e depende muito da cidade em que você está morando. Para aumentar as chances de conseguir uma vaga, faça a intenção de matrícula com bastante antecedência e em mais de uma creche.. Para ter uma ideia, algumas mães já fazem a intenção de matrícula enquanto estão gestantes.

Vale ressaltar que cada escola tem um procedimento de matrícula! Sendo assim, em algumas você preenche um papel com os dados e envia a documentação por e-mail, outras fazem tudo apenas por e-mail e há as que fazem tudo presencialmente!

QUAIS SÃO OS DOCUMENTOS SOLICITADOS NA CRECHE EM PORTUGAL?

Finalmente, os documentos para matrícula variam para cada escola, mas no geral são:

👶CRIANÇA:

🪪 Documento de Identificação

📄 NIF

📃 NISS

💉 Boletim de Vacinas

🩺 Declaração Médica em caso de patologia que determine necessidade de cuidados especiais

👩‍🦰PAIS ou RESPONSÁVEIS:

🪪 Documento de Identificação

📄 NIF

📃 NISS

💰 IRS

🏡 Habitação (renda ou prestação ou arrendamento)

💼 Recibo de Vencimentos

💊 Medicações (gastos com remédios em caso de doença crônica)

💖 Prestação social

🎓 Bolsas de estudos e formação

🏠 Prediais (rendas de imóveis)

💶 Capitais (juros, ações, etc).

📌IMPORTANTE: Na lista de espera de matrícula existem PRIORIDADES para crianças com necessidade especiais (necessário relatório médico), famílias que já possuem filhos na mesma escola e filhos de bombeiros voluntários.

Portanto, caso você consiga a vaga na creche no momento de efetuar a matrícula, você pagará uma taxa no ato da matrícula.

COMO FUNCIONA E QUAL O VALOR DA CRECHE?

Sendo assim, existem creches públicas e privadas, mas não se engane, pois mesmo nas creches públicas você pagará um valor por mês! Sendo assim, o acesso gratuito ao ensino público em Portugal acontece a partir dos 04 anos!

As creches públicas são denominadas IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social) e funcionam com coparticipação, sendo parte paga pelo governo e parte pela família! Portanto, o valor da mensalidade é de acordo com o escalão das famílias que é calculada com base no IRS (como se fosse o imposto de renda no Brasil), ou seja, você pagará a mensalidade da creche de acordo com a sua receita anual e esse cálculo é feito pelo próprio infantário.

Sobretudo, para ajudar os pais, Portugal criou o Programa |CRECHE FELIZ| que possibilita a matrícula do seu pequeno sem qualquer custo mensal, ou seja, 100% pago pelo governo. Portanto, basta se cadastrar e verificar se a creche faz parte do programa (Sim! Existem instituições que não são aderentes) ou perguntar a creche se ela mesmo faz a solicitação no momento da matrícula.

Em contrapartida, as creches particulares custam em média 200 a 300 euros por mês, sem nenhum auxílio do governo.

Quanto ao horário de funcionamento, as creches funcionam normalmente das 7h ou 8h da manhã até às 18h/19h com refeições realizadas no local, sendo assim, permitindo que os pais trabalhem com tranquilidade.

Concluindo, esperamos que tenha gostado desse conteúdo e que essas dicas te ajudem a colocar o seu pequeno em um infantário!

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *