Se você pensa em vir para Portugal a pergunta que você deve fazer é: “Qual a finalidade da minha viagem?”. Assim, você conseguirá entender se precisará ou não de um visto para Portugal.

Dependendo da duração e finalidade de sua estadia, bem como da sua nacionalidade você precisará de visto ou não. Aqui estão os detalhes importantes que você deve manter em seu radar:

QUANDO NÃO PRECISO SOLICITAR UM VISTO PARA ENTRAR EM PORTUGAL?

O visto de TURISMO permite entrar e permanecer no país por um período curto, geralmente o prazo de até 90 dias. Para isso você deverá garantir os documentos:

➡️ Passaporte válido que deverá ter-validade de pelo menos 3 meses além do término do visto pretendido.

📌 Comprovante de meio de subsistência suficiente para a estadia.

➡️ Comprovante de alojamento.

📌 Passagem de ida e volta ou itinerário.

QUANDO PRECISO SOLICITAR UM VISTO?

Se a ideia é ficar em Portugal por mais de 90 dias, morar, trabalhar ou estudar você COM CERTEZA precisará de um visto para entrar no país! Vamos falar sobre os principais vistos:

📌 VISTO D4: Destinado para quem deseja ir para Portugal pra estudar, por exemplo, cursos de nível médio ou superior, formação profissional ou de voluntariado. Leia mais aqui.

📌 VISTO D2: Também conhecido como o visto para empreendedores, esse visto de residência é destinado para quem quer investir, abrir um negócio ou realizar uma atividade independente em Portugal. Quer saber mais sobre esse visto? Clique aqui.

📌 VISTO D7: Chamado de “visto de rendimento” ou “visto de aposentado” e é feito pra quem tem uma renda (como aposentadoria, aluguéis, pensão ou outros) e quer viver tranquilo em Portugal. Descubra mais aqui.

📌 VISTO DE TRABALHO: é um documento que autoriza um cidadão estrangeiro a exercer uma atividade profissional em Portugal. Emitido após a aprovação de um pedido específico e, em alguns casos, pode ser necessário um patrocinador ou empregador em Portugal.

📌 VISTO DE PROCURA DE TRABALHO: O objetivo é permitir procurar emprego em Portugal e portanto, exercer a atividade laboral de forma legalizada e criado para facilitar a busca de trabalho por cidadãos estrangeiros. Entenda mais.

📌 VISTO NÔMADE DIGITAL: oficialmente chamado de visto de residência para o exercício de atividade profissional prestada de forma remota para fora do território nacional — se tornou uma realidade desde as alterações na Lei de Estrangeiros de Portugal em 2022. Este visto permite que estrangeiros trabalhem remotamente a partir de Portugal para uma entidade com sede fora do país. Saiba mais!

Portanto, se a ideia é vir passear e conhecer o país você não precisa solicitar nenhum tipo de visto. Todavia, se pretende morar, trabalhar ou estudar, por exemplo, verifique o visto que se enquadre as suas necessidades.

Sou de São Paulo, luso-brasileira, 37 anos, fonoaudióloga, mestre em comunicação e faço parte do time da Odgo! Imigrei com minha família (esposo, baby e dog) em março/2023 e escolhemos Aveiro como nosso novo lar! Apaixonada por explorar novos lugares, tenho a meta de conhecer 50 países até meus 50 anos e atualmente conheço 23! Quero que se apaixone pela vida em Portugal e imigre também!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *