Buscar emprego nunca é uma tarefa fácil, né minha gente?! 😪 Ainda mais buscando para outro país! Mas calma, como é sempre bom lembrar, nada é impossível. Porém, é preciso preparo, estratégias e muitas, muitas tentativas das mais diversas formas. Pensando nisso, a gente trouxe esse assunto hoje pra vocês que estão focados em vir para Portugal com emprego certo ! Vamos lá!

No Brasil, é importante ter em mente 💬:

– É verdade que  o desafio de sair do Brasil já com uma vaga garantida é muito maior do que você estando aqui. Eu disse maior, mas não impossível. Existem algumas desvantagens, entre elas, concorrer com brasileiros que já estão aqui e com os próprios portugueses. Porém, dependendo da sua área e até de contatos que você já tenha em Portugal, suas chances podem aumentar muito!

Emprego qualificado: Destaque para área de tecnologia 🤖

– Se você é um candidato na área de tecnologia (principalmente) e outros empregos qualificados, ou seja, aqueles que exigem um reconhecimento acadêmico, você tem uma probabilidade maior de ser convocado pra uma seleção. Isso acontece porque na maioria dos casos só grandes empresas conseguem arcar com os custos de trazer um funcionário de fora. Outro fator também que muitos desconhecem é que a organização tem um limite X para contratar pessoas estrangeiras, o que faz com que nós brasileiros precisemos realmente ser muitos bons e termos diferenciais pra superar esses impasses.

Leve seu inglês na mala com você 🗣️! 

– Os brasileiros são muito elogiados pela vasta experiência de trabalho. E realmente, geralmente chegamos aqui com até décadas de vivência profissional, contudo, deixamos de lado algo primordial e necessário: o inglês. Lembrem-se pessoal, Portugal fala inglês a toda hora e faz negócios com vários países da Europa. Se você tem anos de bagagem, qualificação e busca trabalhar em uma empresa portuguesa ou mesmo de outra nacionalidade, será muito provável você ser convidado a um teste de conversação de inglês em uma seleção. Falar inglês aqui não é um diferencial, é um critério que será decisivo para sua aprovação ou não.

Abuse das possibilidades de busca virtual 👩‍💻: 

  1. Tudo na nossa vida que é muito desafiador pede primeiro uma boa organização. Por isso, minha primeira dica é: crie uma tabela de busca de emprego. Seja no excel, no word, em papel, não importa. Dentro da tabela, coloque os dias da semana, exemplo: segunda e terça vou procurar vagas no linkedin; quarta e quinta será nos sites de emprego, já na sexta vai ser o dia de procurar nas agências de emprego. Vá registrando a data, o tipo da vaga, e reserve uma coluna para os feedbacks que você tiver das candidatura e até mesmo pra você cobrar um retorno. Isso vai otimizar seu tempo, deixar sua busca menos cansativa e você vai ter uma noção geral do quanto esse processo está te trazendo de resultados positivos ou não. Em breve, podemos oferecer um modelo pra vocês, o que acham?

2. Faça ou atualize seu perfil no LinkedIn – aumente suas chances e coloque ao menos o resumo em inglês também.

3. Deixe seu currículo bem completo. Olha essas dicas de como deixar seu currículo bem do jeitinho português: bit.ly/3GxHav9

Extra 📎: Você pode fazer alguns modelos de currículos diferentes, caso você tenha interesse em áreas distintas. Isso aumenta seu raio de busca e deixa seu currículo mais direcionado!

4. Entre na nossa ferramenta de busca de emprego e se jogue nos sites de busca de trabalho. Coloque alertas usando palavras-chaves, conheça o vocabulário português, as habilidades que os recrutadores mais exigem…além da procura em si, você pode usar essa ferramenta para estudar e conhecer melhor o mercado de trabalho daqui.

5. As agências de emprego são outra possibilidade para encontrar uma oportunidade de emprego. Existem várias! Aí vai alguns nomes: ManPower, Adecco, Randstad, Kelly Services, Multipessoal, Talenter..

6. Pesquise empresas de (ou em) Portugal. Faça sua listinha e não perca tempo! Entre no site institucional, vá para a área de empregos e carreiras e candidate-se. Não custa nada e você não tem nada a perder.

↪️Gente querida, por trás dessas dicas é preciso ter muita calma, paciência e resiliência. Sejam curiosos, pesquisem, estudem e claro, não desistam! Forte abraço!

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *