Você atua na área de construção como pedreiro no Brasil e gostaria de continuar nesse ramo em Portugal? Será que vale a pena? Será que tem campo de trabalho? Existem muitas dúvidas e muitos questionamentos, mas vamos conversar sobre esse tema hoje:

Aqui em Portugal os pedreiros também são conhecidos como Trolhas. Portanto, não se assuste com o termo e não deixe de se colocar disponível quando encontrar a famosa placa de “contrata-se”. Por isso, considere esses pontos para trabalhar nessa área:

1. Oportunidades de crescimento

O setor da construção em Portugal tem experimentado um crescimento significativo. Após a crise econômica, muitas oportunidades de trabalho surgiram nesse setor. Isso é evidente na quantidade de projetos de reabilitação urbana, além de novos projetos residenciais e comerciais. Cada canto que você olha, você vai encontrar algo em construção!

2. Normas e regulamentações

Se deseja trabalhar na área da construção civil, é importante saber que é necessário um registo na Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) em Portugal. O principal objetivo do ACT é garantir que os direitos de todos os trabalhadores e empresas sejam respeitados.

3. Segurança no trabalho

A segurança é um dos aspectos mais importantes na indústria da construção civil. Os protocolos de segurança são muito estritos e devem ser respeitados para garantir a saúde e a segurança de todos os trabalhadores.

4. Idioma

Embora o português seja a língua materna existem algumas diferenças no vocabulário. Por isso, vale a pena se inteirar e começar a usar as palavras como são usadas na Terrinha. Por exemplo, o que conhecemos no Brasil como drywall é chamado de pladur em Portugal.

5. Leitura de projetos e planos

É necessário saber ler e entender projetos e planos de construção. Caso você não esteja familiarizado com este tipo de material, existem muitos cursos disponíveis que podem oferecer treinamento e suporte.

Para essa profissão, não é necessário ter ensino superior ou formação específica, mas sim experiência de trabalho e muita disposição! Inclusive, alguns lugares contratam sem que tenha experiência e dão todo suporte no primeiro momento.

Bônus: Saiba mais sobre como construir um currículo para trabalhar em Portugal

Prontinho! Agora você já ficou mais tranquilo em saber que esse campo de trabalho está super em alta na Terrinha! Boa sorte!

Sou de São Paulo, luso-brasileira, 37 anos, fonoaudióloga, mestre em comunicação e faço parte do time da Odgo! Imigrei com minha família (esposo, baby e dog) em março/2023 e escolhemos Aveiro como nosso novo lar! Apaixonada por explorar novos lugares, tenho a meta de conhecer 50 países até meus 50 anos e atualmente conheço 23! Quero que se apaixone pela vida em Portugal e imigre também!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *